"Zadok the Priest" (Zadok, o Sacerdote), foi uma obra composta por George Haendel (1685-1759) para a cerimónia de coroação de Jorge II de Inglaterra, em 1727.

 

Em 1992 a UEFA encomendou ao compositor britânico Tony Britter, um hino para a Liga dos Campeões. O objectivo era desenvolver uma banda sonora que transparecesse o espírito futebolístico, para figurar em todas as transmissões da UEFA, Liga dos campeões.

Tonny Britter  decidiu então,  adaptar a  grandiosa obra de Haendel, o Hino da Coroação, "Zadok the Priest".

 

Pois é... Hoje o Hino da Liga dos Campeões tem um texto original,  é cantado nas três línguas oficiais da UEFA, francês, alemão e inglês, mas musicalmente é uma adaptação de um hino do século XVIII.

 

Ouvir aqui a versão original de "Zadok the Priest" de Haendel.

publicado por ProfZ às 08:30 |

 

No domingo de Páscoa celebra-se a ressurreição de Jesus e nos cânticos cristãos deste dia pode-se ouvir,  por diversas vezes, a palavra "Aleluia", que significa alegria.

 

"Aleluia"  do Oratório "Messias" de Haendel (1685-1759) é o cântico de júbilo que se tornou mais conhecido na música erudita. É uma obra de cariz polifónico, data de 1742 e narra a vida de Jesus.

 

"Messias", composto para o domingo de Páscoa,  foi um  enorme sucesso entre o público inglês e foi interpretado diversas vezes. Numa dos concertos, o  rei Jorge II, perante a força do coro "Aleluia" levantou-se e o seu gesto foi seguido por toda a assistência.  Esse costume tornou-se uma prática comum até aos nosso dias...

 

Uma Santa Páscoa!

 

 

publicado por ProfZ às 00:26 |

Hoje mais parece um dia de Outono em plena Primavera...Chuva e mais chuva.

 

Tanta água  recordou-me a "Música Aquática" de Haendel ( 1685-1759), um compositor barroco nascido na Alemanha.

Este compositor trabalhou  como compositor na Itália, Alemanha e Inglaterra... já na sua época!!!

 

Haendel compôs em 1717, em Inglaterra, a obra "Water Music" , composta por três peças (três suites), uma espécie de serenata ao rei Jorge I para um passeio de barco no rio Tamisa.

Documentos da época relatam que terá sido executada por cerca de 50 músicos em  barcaças que iam ao ao lado do barco do rei. Este  terá gostado tanto da música,  que a obra foi repetida três vezes.

Deslizando pelo Tamisa ao som destes acordes de Haendel...Um concerto sem dúvida original...

 

Esta obra, por ter sido composta para ser executada ao ar livre, é caracterizada por ritmos bem marcados, e potência na execução. Para isso, Haendel utilizou instrumentos de som forte, como trompetes, trompas, oboés, fagotes, flautas, violinos e violoncelos.

 

Musica Aquática, Suite Nº 2 en Ré Maior,  de Haendel  

 

publicado por ProfZ às 10:57 |

"A música está em tudo.

Do mundo sai um hino."

(Victor Hugo)

mais sobre mim
pesquisar no blog
 
arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

RSS
SAPO Blogs