Há dias em que sabe bem parar um pouco.

Ouvir uma boa música (daquelas à minha medida...), ler um livro ( recomendado pela minha amiga Paulinha...) e saltar para aquele mundo só nosso, onde não há mais nada à nossa volta...

Uhhhhhhmmmmm... que bom...

 

Depois de ser prof, mãe, cozinheira, jardineira, motorista e agora também "técnica Paeb" , soube tão bem!!!....

 

Um bom exemplo musical de que uma música nos pode levar a sonhar  e a... voar...

Do grupo português Madredeus o tema instrumental "As ilhas dos Açores".

 

 

publicado por ProfZ às 22:46 |
sinto-me: sonhadora
Um violinista norte-americano que se esqueceu do Stradivarius (violino com cerca de 285 anos), no valor de quatro milhões de dólares, num táxi nova-iorquino, deu no dia 6 de Maio um concerto gratuito num aeroporto de Nova Iorque, em honra do taxista que lhe restituiu o precioso instrumento, noticia a Agência Lusa.

 

O músico de origem russa Philippe Quint, deixou na semana passada num táxi o seu violino «Ex-Keisewetter», feito em 1723 pelo célebre fabricante e restaurador de instrumentos de cordas italiano Antonio Stradivari ou Stradivarius, como era mais

conhecido.

 

O instrumento ficou no banco de trás do veículo de Mohammed Khalil, que apanhou o violinista no aeroporto de Newark, Nova Jérsia, quando este regressava de Houston, Texas, indicou a representante do músico, Diane Blackman, citada pela AFP. Li aqui.

 

O taxista recebeu 100 dólares  depois de ter recuperado o precioso violino, que era o que o músico tinha no bolso na altura. Mas com certeza  não esperava por uma retribuição: a honestidade não tem preço.

 

 

 

publicado por ProfZ às 08:45 |

Esta escultura, parece uma obra alienígena, mas não é. Trata-se duma escultura de  Mike Tonkin e Anna Liu , composta por 1000 tubos que produzem som com o vento, como várias flautas gigantes a tocarem ao mesmo tempo.

 

Esta escultura foi colocada em Burnley , Lancashire em  Inglaterra e produz música diferente consoante a intensidade e direcção do vento. Por isso se diz que produz música aleatória, com música e acordes sempre diferentes.

 

 

 Li aqui.

publicado por ProfZ às 09:42 |

 

 

  

 

 

 

 

 

 

Esta imagem foi retirada do site brasileiro Várias coisinhas, e por  isso, a palavra optimista está escrita sem o " p ". Mas também nós , daqui a uns tempos , a vamos escrever desta forma, devido ao novo Acordo Ortográfico.

 

Algumas personalidades portuguesas lançaram um manifesto , em forma de petição online, no qual assumem uma crítica frontal  ao Acordo Ortográfico (DN-online ). Essa petição conta já com mais de três mil  assinaturas e pode ser encontrada aqui . Eu já assinei, e se estiver de acordo com o seu conteúdo ... assine também.

 

 

 

publicado por ProfZ às 09:53 |
sinto-me: Optimista (em bom português)

 

Já tinha visto este vídeo algures.... e hoje lembrei-me dele. 

O que uma mãe diz em 24 horas, condensado em 2 minutos e 55 segundos. Para além de hilariante... é muito real!

Quantas mães não disseram já destas coisas... ou como filhos.... não ouviram já tudo isto...?!?!?!?

 

A música é do compositor italiano Rossini (1792-1868), a Abertura da Ópera Guilherme Tell , com uma letra adaptada e cantada por Anita Renfroe.

Embora esta ópera tivesse tido muita popularidade, a verdade é que o trecho inicial, a Abertura, se tornou muito mais conhecida. 

 

 

A letra... para não perderem pitada!

 

"The Mom Song "

Get up now
Get up now
Get up out of bed
Wash your face
Brush your teeth
Comb your sleepyhead
Here's your clothes and your shoes
Hear the words I said
Get up now ! Get up and make your bed
Are you hot ? Are you cold?
Are you wearing that?
Where's your books and your lunch and your homework at ?
Grab your coat and gloves and your scarf and hat
Don't forget ! You gotta feed the cat
Eat your breakfast , the experts tell us it 's the most important meal of all
Take your vitamins so you will grow up one day to be big and tall
Please remember the orthodontist will be seeing you at 3 today
Don't forget your piano lesson is this afternoon so you must play
Don't shovel
Chew slowly
But hurry
The bus is here
Be careful
Come back here
Did you wash behind your ears?
Play outside , don't play rough , will you just play fair?
Be polite , make a friend , don't forget to share
Work it out , wait your turn , never take a dare
Get along ! Don't make me come down there
Clean your room , fold your clothes , put your stuff away
Make your bed , do it now , do we have all day ?
Were you born in a barn ? Would you like some hay?
Can you even hear a word I say ?
Answer the phone ! Get off the phone !
Don't sit so close , turn it down , no texting at the table
No more computer time tonight!
Your iPod 's my iPod if you don't listen up
Where are you going and with whom and what time do you think you 're coming home?
Saying thank you , please , excuse me makes you welcome everywhere you roam
You 'll appreciate my wisdom someday when you 're older and you 're grown
Can't wait till you have a couple little children of your own
You 'll thank me for the counsel I gave you so willingly
But right now I thank you not to roll your eyes at me
Close your mouth when you chew , would appreciate
Take a bite maybe two of the stuff you hate
Use your fork , do not burp or I'll set you straight
Eat the food I put upon your plate
Get an A, get the door , don't get smart with me
Get a grip , get in here , I'll count to three
Get a job , get a life , get a PHD
Get a dose of ,
"I don't care who started it !
You 're grounded until you 're 36"
Get your story straight and tell the truth for once , for heaven's sake
And if all your friends jumped off a cliff would you jump , too?
If I've said it once , I've said at least a thousand times before
That you 're too old to act this way
It must be your father's DNA
Look at me when I am talking
Stand up straighter when you walk
A place for everything and everything must be in place
Stop crying or I'll give you something real to cry about
Oh!
Brush your teeth , wash your face, put your PJs on
Get in bed , get a hug , say a prayer with mom
Don't forget , I love you
And tomorrow we will do this all again because a mom 's work never ends
You don't need the reason why
Because, because , because , because
I said so , I said so , I said so , I said so
I'm the mom , the mom , the mom , the mom , the mom !!
Ta da!!!

 

 

publicado por ProfZ às 09:30 |
publicado por ProfZ às 09:09 |
sinto-me: mãe

ATENÇÃO: Se isto  é montagem, é muito bem feita! De qualquer forma, não experimentar em caso algum!  

Este post é dedicado a todos os meus colegas... e companheiros de aventuras surfistas.

 

 

 

 

 

publicado por ProfZ às 11:48 |
tags: ,

Joahnn Sebastian Bach (1685-1750) foi um organista e compositor alemão do período barroco.

Embora pouco conhecido na sua época como compositor, é considerado um dos grandes compositores da história da música. A sua música reflecte um grande domínio técnico, com as fugas e os contrapontos, mas também uma grande profundidade intelectual e uma expressão emocional profunda.

Na sua época foi-lhe reconhecido o mérito como um excelente organista, mas como compositor era considerado, antiquado e sem criatividade.

Só mais tarde, cerca de 100 anos depois da sua morte, se começaram a tocar as suas obras e a dar-lhe o devido reconhecimento.

Conta a história, que muitos dos seus conhecimentos se devem ao elevado número de cópias que realizou enquanto jovem, de músicas de outros compositores e também do seu irmão Johann Christoph Bach.

 

Fica aqui o vídeo que uma obra de Bach, "Badinerie ", num arranjo para instrumentos de sopros de metal.

De salientar, que estes instrumentos ainda não existiam na época de Bach, como hoje são conhecidos. A versão original foi escrita pelo compositor para ser executada por uma orquestra de cordas e esta foi adaptada para ser tocada por sopros.

 

 

 

 

 

publicado por ProfZ às 10:05 |

 

 

 

publicado por ProfZ às 09:13 |
tags: ,

 

 

 

 

 

Embora tenha sido comemorado no dia 29 de Abril, não falei aqui nada sobre esta importante arte  e forma de expressão.

O Dia Mundial da Dança foi criado em 1982 por iniciativa do Comité da Dança do Instituto Internacional do Teatro e assinala-se a 29 de Abril para celebrar o nascimento do coreógrafo francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), criador do ballet moderno e grande impulsionador da dança. A mensagem escrita para assinalar esta data em 2008 intitula-se “O espírito da dança não tem cor” e fala precisamente do poder unificador desta linguagem universal. (Li aqui).

 

Integrado nas comemorações deste dia, ontem dia 30 de Abril, no Teatro Sá da Bandeira em Santarém, foi apresentado o bailado The Other side " pela companhia de bailado contemporâneo Quorum Ballet. Este espectáculo  tem como principal objectivo a fusão entre a dança e a arte da cidade de Nova Iorque e a de Lisboa.

 

"The Other side" oferece uma experiência inédita, sendo uma peça totalmente criada em colaboração entre três coreógrafos, que juntam as suas experiências numa triologia, identificando os agentes provacador, opressor e observador.

 

 Este bailado, com música original do compositor norte-americano Both Levine,

é uma simbiose perfeita entre a música, o movimento,  o gesto e a ideia que está subjacente à sua criação. Dança moderna de enorme dinamismo, com muito ritmo, luzes e claro, muita dança. Por uma companhia de bailado profissional, é um verdadeiro espectáculo de controlo do corpo ao som de vários ritmos (as vezes que me lembrei do meu Pilates!).

 

Inesquecível, para quem gosta de música e dança.

 

 

Ficha Técnica:

Bailarinos - Daniel Cardoso e Teresa da Silva, que passaram pela Martha Graham Dance Company , de Nova Iorque, Mónica Gomes e Iolanda Rodrigues, do extinto Ballet Gulbenkian, e Filipe Narciso, da Companhia Nacional de Bailado.
Coreografia Daniel Cardoso, Jonathan Hollander , Thaddeus Davis
Música Both Levine
Figurinos Escola Profissional Magestil - Escola de Moda de Lisboa
Desenho de luzes Carlos Arroja, Barry Steele

 

 

 

 

publicado por ProfZ às 17:13 |

"A música está em tudo.

Do mundo sai um hino."

(Victor Hugo)

mais sobre mim
pesquisar no blog
 
arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

RSS
SAPO Blogs