Mais um excelente exemplo de criatividade e boa disposição desta grande equipa.

 

publicado por ProfZ às 15:08 |

 

Este hino de Natal, da autoria do Rei português D. João IV (1603-1656), teve um enorme sucesso ao longo da história. Por isso, foram surgindo novas versões musicais  e foi traduzido para diversas línguas. Entre elas, contam-se "O come all ye faithfull" de origem inglesa".

Esta enorme popularidade levou muitos autores a contestar a autoria  do hino "Adeste Fideles".

Mas o manuscrito do Rei D. João IV, encontrado no Palácio de Vila Viçosa, é datado de 1640, data muito anterior a todos os outros pseudo-autores.

Adeste Fideles, o hino de Natal português:

 

 

publicado por ProfZ às 15:20 |

 A mais popular canção de Natal é , sem dúvida, "Noite Feliz".

Foi composta nas vésperas de Natal de 1818 na aldeia austríaca Oberndorf, nas montanhas do Tirol, pelo padre Joseph Mohr (1792-1848) que compôs o poema e pelo organista Franz Bruber (1787-1863).

Conta a história, que o órgão da igreja da freguesia do padre Mohr foi roído pelos ratos e que não havia possibilidade de o reparar a tempo da missa da meia-noite. Surgiu então a ideia de compor uma música que fosse cantada por um coro de crianças acompanhado de uma guitarra de 12 cordas.

"Noite Feliz" é hoje cantada em todo o mundo.

Numa interpretação da Orquestra de André Rieu e de um coro de crianças Japonês:

 

 

publicado por ProfZ às 15:08 |

 

A Lisboa Editora  este ano enviou aos seus clientes um original postal de Natal.

Enquanto uma habilidosa mão desenha os cenários e os objetos no desenrolar da história, ouve-se o tema musical de Natal "Deck the halls".

Trata-se de um tema musical que teve origem no Século XVI, cuja letra era dedicada ao Ano Novo. Só mais tarde, no século XIX, surge o poema atual em inglês, de autor desconhecido, num livro editado em 1881.

 

 


 

 

Também utilizando o tema musical "Deck the halls",encontrei esta divertida publicidade onde os faróis de carros acendem ao ritmo da melodia principal, ou em alguns casos, ao ritmo de outros temas da orquestração. Muito criativo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para quem gosta de cantar, fica aqui o acompanhamento instrumental.

 

Feliz Natal!

publicado por ProfZ às 22:03 |

O Fado foi hoje classificado pela UNESCO como Património Imaterial da Humanidade. A partir de agora, o Fado não é só uma canção portuguesa, mas passou a ser um tesouro do mundo. Um tesouro que fala de Portugal, da sua cultura, da sua língua, dos seus poetas, mas que também tem muito de universal nos sentimentos que evoca: a dor, o ciúme, a solidão, o amor e a alegria.

 

Após a comunicação da decisão da UNESCO, o musicólogo Rui Vieira Nery que presidiu à Comissão Científica da candidatura, afirmou "que é uma vitória muito grande para o Fado, é uma vitória para a Cultura portuguesa no seu conjunto, é uma vitória para Portugal e para a imagem de Portugal no mundo".

Estamos todos de parabéns, sem dúvida.

Mas não posso deixar de dar uma notinha negativa à referência do fado de Lisboa... apenas! Então o fado de Coimbra, o fado do Porto? Afinal o fado é um canção nacional.

 

Vídeo que integrou a candidatura do Fado a Património Imaterial da Humanidade.

 

publicado por ProfZ às 20:12 |

 

Os professores da Escola Artur Gonçalves em Torres Novas, apresentaram no sarau do ano lectivo 2010/2011 uma "sátira musical" entitulada "Chovem papéis". A vida de professor retratada de uma forma muito realista, criativa e divertida...

 

 

publicado por ProfZ às 15:33 |

Fryderyk Franciszek Chopin (1810-1849) nasceu na Polónia, mas aos vinte anos mudou-se para Paris e adoptou a versão francesa do seu nome, Frédéric Chopin.

Foi professor, intérprete e compositor, e ficou conhecido como um dos maiores compositores para piano e um dos  pianistas mais importantes da história.

Conta a lenda que, para escrever esta valsa, Chopin  inspirou-se num cachorro que corria freneticamente atrás da própria cauda. O título dado inicialmente por Chopin a esta valsa era "Valsa do cachorrinho", embora o seu editor o tenha alterado para Valsa do Minuto, para indicar uma valsa de curta duração, sem no entanto indicar que devia ser interpretada num minuto.

 

Valsa do minuto Opus 64 no. 1, interpretada por dois grandes músicos e comediantes, Victor Borge e Leonid Hambro, a quatros mãos e dois pianos.

 

 

 

publicado por ProfZ às 21:53 |

 

Com apenas cinco notas, que poderão ser as cinclo teclas pretas do piano, poderão ser compostas melodias de uma extrema beleza, que nos tocam o coração, os sentidos... e que transmitem tudo aquilo que procuramos na música.

Sem mais uma nota, apenas cinco, uma escala pentatónica.

Foi esta a base de composição  de "Amazing Grace".

Neste vídeo,  Wintley Phipps* apresenta uma breve explicação histórica deste tema e interpreta a melodia de forma magistral...

 

 

 * Pastor adventista, que cantou este tema na tomada de posse do presidente americano Barack Obama.

publicado por ProfZ às 12:30 |

 

"Danúbio azul" é uma valsa composta pelo compositor austríaco Johann Strauss II (1825-1899).

Conhecido como o "rei da valsa", foi o responsável pela popularidade deste género musical em Viena, tendo composto mais de duzentas valsas.

Esta é uma obra para orquestra que  foi apresentada pela primeira vez em público em 1867 e , como todas as valsas, está em compasso ternário.

Escolhi uma interpretação muito original do Danúbio Azul.... pois um pouco de humor... fica sempre bem...

 

 

 

 

 

 

 

publicado por ProfZ às 15:38 |

aqui tinha falado deste senhor, mas nunca mais tive notícias de novos trabalhos. Hoje, por acaso, cruzei-me com este excelente video musical. Muito moderno, com novas sonoridades e influências, apesar da aparência grisalha... pois anos são sinónimo de sabedoria...

 

 

 

 

publicado por ProfZ às 10:33 |

"A música está em tudo.

Do mundo sai um hino."

(Victor Hugo)

mais sobre mim
pesquisar no blog
 
Escreva-me

arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

Visitas
cool graphics
RSS
SAPO Blogs