Pilobolus é uma companhia de dança americana que existe desde 1971, e que tem feito um extraordinário trabalho, principalmente utilizando sombras. Música, dança, movimento, arte... a simbiose perfeita...

 

publicado por ProfZ às 09:18 |

 

Esta é uma obra do compositor francês Camille Saint-Säens (1835-1921).

 

Foi escrita para dois pianos e orquestra,  em 1886, quando o compositor passava férias na Áustria.

Carnaval dos animais é uma suite composta por trezes peças, cada uma delas dedicada a um animal e um Final, totalizando 14 partes.

 

O Final do Carnaval dos animais surge neste vídeo animado por um conjunto de flamingos dançarinos e cheios de energia e foi produzido pela Walt Disney (Fantasia, 2000).

 

 

 

publicado por ProfZ às 08:54 |

 

Esta era a personagem principal de uma série com o mesmo nome que deu na TV nos anos oitenta.

Alf era um extraterrestre do Planeta Melmac, que devido a uma avaria na sua nave, aterrou no quintal de uma família, onde ficou a viver.

Tinha uma personalidade sarcástica,  infernizava a vida de toda a gente e adorava comer gatos . As aventuras de um extraterrestre... hilariante.

 

Neste vídeo interpreta "Old time Rock'nRoll" de Bob Seger.

 


publicado por ProfZ às 09:12 |
tags: , , ,

 

Uma maneira original de interpretar.. de forma aproximada (!!!!)... o "Rondó alla turca" de Mozart (1756- 1791).

Esta obra, talvez uma das mais conhecidas de Mozart, é na verdade  o terceiro andamento de uma das suas sonatas para piano, a Sonata nº11 em Lá Maior (K331).

Este andamento tentava reproduzir a música turca, que estava na moda na altura.

 

 

 

Mas o melhor é ficar a conhecer a obra na sua versão original, para piano.

 

 

publicado por ProfZ às 09:06 |

 

Charles Chaplin (1889-1977) ficou conhecido como  "Charlot", o célebre personagem do cinema  dos anos vinte. Nesta altura o cinema era mudo e apenas era acompanhado por música, de piano ou de orquestra.

 

Mas Chaplin, para além de actor, foi também director dos seus próprios filmes e músico.

Num dos seus filmes mais conhecidos, "Tempos modernos" (1936), integrou um tema musical seu, que a partir de 1954 viria a ficar conhecido por "Smile".

John Turner e Geoffrey Parsons  juntaram-lhe um bonito poema e  "Smile" foi interpretado e gravado  pela primeira vez, na versão canção, por Nat  King Cole (pai da cantora Natalie Cole).

 

 

 

publicado por ProfZ às 16:30 |
sinto-me: Muito sorridente, como prometi

 

 

Eu revejo estas imagens e esta melodia com saudade... dos anos setenta... por aí....

Mas a minha filha comenta....." ihhhhh.....mãe... onde tu vais!?!?!?"

Não foi nada.... foi só para me lembrar que estou cota...

 

 

publicado por ProfZ às 22:46 |

 

A melhor forma de não perder nada não é guardar, mas compartilhar.

 

Eduardo Sá, psicólogo.

 

 

 Bom ano lectivo!

 

publicado por ProfZ às 08:38 |

 

Vi tantas vezes estes desenhos animados (ihhhh , já lá vão uns anitos!) e nunca percebi como é que este rato fazia para ser considerado "o rato mais rápido do México".

É facilmente reconhecido pelo seu grande chapéu amarelo e por se deslocar de uma forma super rápida.

Eis que hoje, nas minhas viagens pela internet, descobri finalmente o segredo....

O Speedy Gonzalez desloca-se de carro!

Um anúncio do VW Golf GTI

 

 

publicado por ProfZ às 09:01 |

 

O piano é um instrumento musical.. todos sabemos.

Como funciona... é que já nem todos sabemos.

Escolhi este desenho animado do Tom e Jerry, para espreitar para dentro de um piano. Lá encontramos cordas muito esticadas, percutidas por pequenos martelos revestidos com feltro, que por sua vez são accionados por cada uma das teclas do piano.

A obra musical executada é do compositor húngaro Liszt (1811-1886)....que se lê "Lisst"

 

Ficou também conhecido por ser um excelente pianista, e ainda hoje é considerado por muitos como um dos maiores pianistas de todos os tempos. Esta obra chama-se Rapsódia Húngara nº2, e é aqui executada pelos excelentes executantes... Tom e Jerry!

A obra tem algumas alterações em relação à original... porque estes intérpretes para além de muito imaginativos, são muito divertidos. Por exemplo, aos 4,45 minutos é tocado um excerto de outra música.... que não é de Liszt.

 

publicado por ProfZ às 08:46 |

Como tudo o que  é bom...  acaba depressa, as férias estão quase no fim.

Vamos aproveitar estes últimos diazitos... pouquinhos!

 

"Every time we say goodbye" é uma composição de Cole Porter (1891-1964), um músico de jazz muito conhecido.

Esta canção foi composta em 1944 e tornou-se num standard de jazz,  tendo sido interpretada também por outros grandes nomes do campo musical: Ella Fitzgerald, John Coltrane,  Sarah Vaughan, Ray Charles,  Rod Stewart, e Robbie Williams, entre outros.

 

Esta interpretação é do velhinho Rod Stewart, uma das minhas preferidas... pela beleza da sua simplicidade...

  

 

publicado por ProfZ às 19:21 |

"A música está em tudo.

Do mundo sai um hino."

(Victor Hugo)

mais sobre mim
pesquisar no blog
 
Escreva-me

arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

Visitas
cool graphics
RSS
blogs SAPO